quarta-feira, 3 de maio de 2017

Uma Pantera às voltas com a censura brasileira

Sumára Louise é aquela pessoa que a gente não conhece a cara, mas sua voz é manjadíssima! Dublador onipresente da TV brasileira por décadas, emprestou a voz a centenas de filmes e séries como A Gata E O Rato e principalmente As Panteras, como Sabrina Duncan.

Agora infelizmente aposentada, ela já conversou com vários canais do YouTube sobre sua profissão. Ao MultiElton1976 (que você pode assistir na íntegra clicando aqui) Louise lembrou de ter ajudado a transformar a arte da dublagem nacional reverenciada e profissional como é hoje.

Foi durante seu primeiro trabalho, justamente a dublagem de As Panteras (Charlie's Angels) no final da década de 70 que surgiu todo o tempero brasileiro. Época em que o Brasil vivia sob o regime militar e era preciso adiantar cinco episódios do programa para serem avaliados pelos censores.

A árdua tarefa consumia o dia todo de trabalho, entravam no estúdio às oito da manhã e só saiam de lá às duas da madrugada. Mesmo o roteiro do programa sendo um sucesso no mundo todo, aqui não se podia falar várias palavras até tolas, como sutiã ou Fidel Castro, cocaína tinha que virar talco e assim por diante.

Numa empreitada dessas, já cansada, Sumára Louise disse que trocou uma palavra pra outra bem mais coloquial usada no nosso idioma. Até então, esse serviço era extremamente careta e literal, muito distante do que se pode imaginar como sendo uma “versão brasileira”.

O diretor da dublagem gostou da troca, as duas outras colegas na hora quiseram fazer também, e assim, As Panteras no Brasil teve esse diferencial. Era um seriado diferente até no linguajar das personagens, muito mais próximo do que falamos normalmente.
Quem se lembra da primeira versão, a dublagem era realmente marcante, com frases emblemáticas, repetidas por muitas crianças da época.  Assim surgiu coisas como “Freeze, Sabrina Duncan!” ter viradinho “Paradinho aí, Sabrina Duncan!”, quando se aponta uma arma.

Depois do sucesso todo do coloquialismo muitas outras séries passaram a aderir.  Foi assim que em Primo Cruzado (Perfect Strangers) o parente que veio da ilha de  Mypos no Mar Mediterrâneo, passou a ser de Minas Gerais.

Numa reprise recente de as Panteras os episódios foram redublados, mas mantiveram apenas Sumára Louise do elenco original. Uma outra época, em que ela nem se lembra mais quem foram as recentes vozes de Jill e Kelly, já que graças à tecnologia atual basta gravar a voz separadamente, sozinha, e ir embora pra casa.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails