sexta-feira, 30 de dezembro de 2005

Nunca Fomos Tão Felizes



Vi 2 Filhos de Francisco, o estouro nas bilheterias de 2005 e a aposta brasileira ao Oscar. Minha modesta opinião em uma palavra: PODRE! Muitas outras você lê clicando aqui, no Cinemorama . E fazendo a quase já tradicional retrospectiva (e expectativa) do ano, foi a vez, na filmoteca daqui de casa, de Kill Bill. Visto e ouvido à exaustão. Reconheci enfim que Tarantino é o cara. Como se isso fizesse alguma diferença para ele, né? Mais! Foi quando dei um "já vai tarde" ao Video Home System!!! E a pirataria correu solta não só na pracinha, mas aqui em casa. Aqui em casa correu, mas cansou. DVD original é mais bacana até pra fazer screenshot, transformar áudio em MP3 e os pirateiros em si são uma gente muito chata. E de gente escrota, já sabe, né? Distância! Minha fobia a seres humanos nunca esteve tão forte... Humpf! Falando nisso, agora em janeiro já faz dois (!!!) anos, parecendo 80, que dou aulas. Aliás, dou mesmo, porque o salário, ó! Não tô podendo! Queira o bom Deus a possibilidade em 2006 de mandar tudo à merda! Decidi que vou fazer kung fu, aprender japonês e ganhar mais 20 quilos às custas de shake gringo. Devotei-me a São Francisco de Assis, mesmo não sendo católico, graças a um sumiço da Glenda. Passei a dormir agarrado todas as noites ao Boris, porque um dia isso não será mais possível. O orgânico tem destas coisas, envelhece e some, sabe-se lá pra onde. E teve aquele sustão do hacker em agosto, bem quando reeditei o Come Bolacha, Graziela!, e por coincidência absurda tudo estava relacionado. Oh! E o vídeo ganhou até (quem diria) comunidade no Orkut feita pelo Brett e um trailer. Dá pra conferir ambos clicando ali ao lado. Junior, meu segundo PC, teve morte súbita, porque queimou o cooler. E lá sabia que queimar o cooler era tão perigoso? Agora jaz ao lado do finado Matusalém, dando vez a Bruce, vindo de uma forte linhagem de Bruces. Banner, Lee, Wayne, Willis, todos bons de porrada!

[Ouvindo: Alexa Vega - Game Over]

segunda-feira, 19 de dezembro de 2005

Tomates Verdes Fritos



E entre minhas frases de fréu-fréu-fréu prediletas (ditas logo depois de ouvir uma coisa estúpida qualquer) estão aquelas em resposta a "Trabalho porque gosto" ou "O que me paga são os sorrisos de satisfação"... Ok, minha fofa, então já que não faz questão nenhuma, passa teu rico dinheirinho pra mim, porque realmente ao sair de casa é nele que estou pensando. Sem vergonha nenhuma! Não sou um daqueles medonhos mercenários da informática e claro que ver sorrisos por um trabalho bem feito conta muito... Mas e lá sou dentista? Fala sério se o aconchego do teu lar não é o melhor lugar do mundo para se passar dias e noites de chinelão (aquele mesmo que não tem - ou tinha - cheiro, não deforma nem solta as tiras)? E aquela amiga de humor precário exclamando que pra ir trabalhar e não fazer nada, preferia ficar em casa fazendo um booooooolo de chocolate vai para minha antologia de momentos ímpares!!! Já pensei seriamente em comprar a fantástica fábrica de coxinhas (como visto na TV) e vender o cento a cinquentão. Emprego dos sonhos mesmo seria aquele muito bem remunerado, após as 14 hs, executado em frente (apenas) a um PC, a que se pudesse ir de camiseta (ou uniforme extremamente cool) e, no caso de nem confiança pra fazer a barba todo santo dia, tudo bem. Ah, e um chefe que te ache a coisa mais incrível deste lado do ocidente, e assuma que sem você aquela empresa não seria a mesma. Enquanto seu lobo não vem, a gente tenta pelo menos fazer tudo direitinho, sem o menor stress possível, afinal, muito trabalho sem diversão faz de Jack um bobão!

[Ouvindo: Mohammed Rafi - Jaan Pehechaan Ho]

quinta-feira, 8 de dezembro de 2005

Um Dia de Fúria



E tô bege que levei um trucão da SAMSUNG! Cá ente nós, este humilíssimo escriba merece que uma multinacional de origem coreana leve seu minguado aqüé, conseguido com muito suor, honestidade, e principalmente, na vertical e sem enganar ninguém? Hung? Tá, conto o calvário, até com certa preguiça, porque tive que contar por exatas 6 vezes ao telefone hoje! Wow, wow, wow! Adquiri um "incrível" modelo de celular SCH-N480 da referida marca, que vinha com uma graciosa câmera fotográfica embutida e necas de pitibiriba de USB, software ou coisa do gênero para poder ver as fotos em qualquer PC. Pensei se tratar de mais um truque da operadora Vivo, a fim de que fosse possível enviar as fotografias apenas via e-mail e, assim, consumir créditos, e depois que procurei comprar (!!!) o cabo a um preço pra lá de abusivo, e óbvio, via site oficial da SAMSUNG, baixei o drive e o software indicado para tal modelo. Não só eu como centenas de outras pessoas (segundo se constata na comunidade deste modelo no Orkut!) clicaram na seção downloads, digitaram SCH-N480 e foram levados ao link. O PC Link 1.0 é um arquivo zipado de "apenas" 16 mega!!! Bem, que não tenho internet em casa até o Zorro já deve saber a essas alturas, e que isso causou um transtorno triplo nem preciso contar aqui... Horas baixando, depois dezipando, e a surpresa ao ver que aquilo criou várias outras pastinhas estranhas com arquivos .cab. Bizarro uma corporação como a SAMSUNG entregar aos clientes um software mal compilado como aquele, mas já não duvido de nada nos dias de hoje... Mas depois de todo transtorno, só consigo usá-lo após reinstalá-lo, precisando fazer isso diariamente!!! O manual é porcamente sucinto no que diz respeito a qualquer informação de como entrar em contato com a empresa, indicando apenas a homepage, aliás, não há nele uma linha sequer de como se proceder para descarregar as fotos! Só consegui o tal telefone ontem, e qual não foi minha surpresa ao ligar e ser muito mal atendido por umas gurias bem desinformadas quanto a softwares e que ainda têm a petulância de teimar (comigo!!!) que arquivos .cab são "programinhas" (para usar exatamente a mesma palavra que ouvi) e que eu deveria entrar em um outro endereço e baixar (!!!!!!) um novo (!!!!!) programa. Nas entrelinhas, claro, o idiota fui eu... Se tivesse feito sozinho, até admitiria um possível erro. Será que a SAMSUNG acha que faço downloads desde ontem? E desde quando uma empresa que vende celulares possui um S.A.C. onde mal se ouve o atendente, porque se escuta ao mesmo tempo dezenas de outros atendentes? Aliás, que treinamento têm essas fulanas que as permite serem petulantes com um cliente que só quer ver sua situação resolvida até o ponto de ele espumar (literalmente) de raiva? E mais, não serei eu a arcar com o ônus, se eles têm dificuldades em administrar sua própria homepage. É problema deles, o meu é possuir um celular da marca SAMSUNG ELECTRONICS CO., onde o consumidor, depois de quase uma hora, após muito empurra-empurra, descobre ter sido lesado, além de ainda ouvir alguns deboches, e nada pode ser feito por eles. Nem tava reclamando de os botões, com apenas alguns meses de uso, já estarem descascando, ou de que os mesmos travam muito, mas queria somente resolver algo a respeito do que o manual do proprietário não diz absolutamente nada. Ok, ok, La Dolce Vita nem sempre trata de flores, mas pelo menos já sabe, se quiser um celular novo, e (repito) ganha seu dinheirim honesto, na vertical e sem enganar ninguém, fuja da marca SAMSUNG, ou depois pelo menos lembre-se o que é quem avisa...


[Ouvindo: Ed Motta - Vamos Dançar]

sexta-feira, 2 de dezembro de 2005

Guerra nas Estrelas



Raras as vezes em que releio um livro. Esta semana foi uma delas! A biografia de Marilyn Monroe assinada por Donald Spoto. E não é uma biografia qualquer, é A biografia, escrita por um historiador, o que nos poupa de um bocado de fofocas e mentiras nada salvadoras... O autor deixa bem claro que o que não falta são inverdades absurdas a respeito da maior estrela (no sentido bruto da palavra) que o mundo já viu. Claro que, na época de Sarah Bernard, a mídia ainda engatinhava, e como bem lembrou a Garota em O Pecado Mora Ao Lado, uma única aparição na TV para anunciar pasta de dente representa uma audiência muitas vezes maior que a platéia que Bernard teve em toda sua carreira no teatro! E sempre quando acabo de ler dá aquela coceira de sair por aí fazendo arruaça com quem ainda propaga aquela imagem de devassa ninfomaníaca. Vontade de uma espécie de guerrilha cinematográfica. Se me sobrasse um pouco mais de tempo e vontade de aprender, poderia começar aqui pela net mesmo, pegando umas aulinhas com aquele nosso amigo do sabre luminoso. Virar uma espécie de Cecil B. Demented pró Marilyn! "O quê? Sua locadora tem aquele filme com aquela bagaceira fingindo ser Marilyn? Pow! Tinha!" Ou quem sabe bater de porta em porta, tipo Tê Jota mesmo, contando pras pessoas a Grande Verdade. "Toc Toc Toc! Bom dia, minha senhora! A senhora sabia que Marilyn nunca foi amante de JFK, nem tampouco de seu irmão Robert? A senhora foi enganada! E nem em seus últimos dias estava neurótica, desempregada, sem amigos... A propósito, esqueça a hipótese de suicídio, queima de arquivo etc! Está tudo nas escrituras!". E é sacanagem quando a comparam com Madonna, talvez a loura (?) que mais tentou chegar perto da lenda M.M. Achar que a principal diferença entre as duas é que a atual sabe muito bem aonde quer chegar, e a outra foi simplesmente levada e dominada, é simplificar demais as coisas. Já em 1954, Monroe abriu fogo contra as louras laqueadas e ocas que o estúdio lhe impingia e, em plena vigoração do star system, tentou levar sua carreira sozinha, abrindo sua própria produtora. Numa época em que a mulher era considerada figura meramente decorativa na sociedade. E que declarações inspiradas sabia divulgar pela imprensa... Talvez uma das melhores seja a de que não queria ser rica, mas apenas maravilhosa. Ou neste telegrama, enviado a Robert Kennedy e esposa, datado de 13 de julho de 1962, em plena luta contra a Fox:
"Prezados Sr. e Sra. Kennedy:
Eu teria o maior prazer em aceitar o convite(...). Infelizmente, porém, estou envolvida numa luta de protesto pela perda dos direitos da minoria, como uma das poucas estrelas que ainda restam neste mundo. Afinal, tudo o que pedimos é nosso direito de cintilar."
Ninguém, puramente humano, cintila mais que Marilyn Monroe.


[Ouvindo: Duke Ellington - Cotton Tail]
Related Posts with Thumbnails